Posts

Lei aumenta pena para crimes de trânsito

Nesta terça-feira, 19 de dezembro, a lei 13.546/17 entrou em vigor aumentando a pena para motoristas sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que cometerem crimes de trânsito.

A punição para a irregularidade será de reclusão de cinco a oito anos, além da suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo. Essa situação acontece quando o teste do etilômetro (bafômetro) marca a tolerância de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar, ou de 6 decigramas por litro de sangue.

Se beber, não saia de carro, assim além de preservar a vida de todos que estiverem no caminho, você preserva a sua própria vida!

Campanha DETRAN/RS “Viagem Segura”

Os feriados de final de ano chegaram e esta é uma ótima oportunidade para descansar a mente, pegar a estrada e aproveitar uma viagem com toda família. Para que esse momento seja tranquilo é muito importante manter todos em segurança.

Abaixo seguem alguns vídeos da Campanha Viagem Segura feita pelo DETRAN/RS sobre algumas precauções que todos devem ter nas rodovias, principalmente nesta época em que estão mais movimentadas.

Iluminação:

 

Distância:

 

Ultrapassagem:

 

Velocidade:

 

 

Aproveite os feriados e viaje com segurança!

Segurança como missão no dia a dia

seguranca_dekra

Você sabia que mais de 3,6 milhões de vidas são perdidas por ano em acidentes no trânsito, no trabalho ou em casa? E pior, que grande parte desses acidentes poderiam ser facilmente evitados?

Criar uma cultura de prevenção não é algo fácil, mas essa é uma das missões globais da DEKRA e um compromisso que vem sendo reforçado dia a dia no Brasil. Essa verdadeira ideologia, que permeia tudo o que a DEKRA faz, está estampada em nosso DNA corporativo: “A DEKRA tem como compromisso ser o parceiro GLOBAL para um mundo seguro, e com isso, prevenir acidentes e proteger vidas”.

 

Mas trabalhar com soluções, atitudes e troca de conhecimento com a sociedade, de forma a evitar acidentes, pode ser mais simples do que se imagina. Por isso a DEKRA acredita no poder da educação e da informação, que são capazes de estimular pequenas mudanças de comportamento, que no futuro podem salvar vidas.

 

A DEKRA aposta em campanhas para a segurança rodoviária há mais de 90 anos, seja ofertando serviços como inspeções periódicas de veículos, seja atuando em pesquisas e testes, como testes de colisão, e em campanhas públicas em parceria com comitês nacionais e internacionais de prevenção de acidentes.

 

Além disso, todos os anos publicamos o Relatório Europeu da Segurança Rodoviária, traduzido para diversas línguas, no qual apresentamos dados sobre o transporte de passageiros. Ao mesmo tempo, lançamos globalmente diversas campanhas relacionadas à prevenção de acidentes no trânsito, em casa, e no trabalho.

 

Agora, como parte dessa estratégia e desse compromisso, estamos lançando no Brasil o movimento “Segurança é Legal”, com o objetivo de fornecer orientação sobre pequenas atitudes que podem levar a um cotidiano mais seguro.

Dados alarmantes mostram a necessidade desse tipo de campanha: 44% dos acidentes de trânsito, por exemplo, são causados por distração, e 75% das pessoas admitem falar ao telefone enquanto dirigem.

 

Agora lançamos o desafio: Comprometa-se você também com a sua segurança e das pessoas ao seu redor! Vamos juntos ser um parceiro por um mundo mais seguro?

 

Cinto de segurança: ele salta vidas!

cinto-de-seguranca_dekra

 

Exigência legal em vários países, inclusive no Brasil pela lei n° 9.503 de 1997, o cinto de segurança é um item essencial para a proteção dos motoristas e dos passageiros de um veículo.

Além de manter o motorista na postura correta, para evitar cansaço e aumentar a concentração, ele impede que o corpo do condutor bata no volante, na porta, no para-brisa ou que ele seja jogado para fora do veículo, em caso de colisão.

Já para os passageiros do banco traseiro, o cinto evita que eles sejam jogados para as laterais, batam nas portas e ainda que sejam jogados para frente se chocando com o banco e colocando em perigo quem está nos assentos dianteiros.

Mas não pense que a obrigatoriedade é somente nas estradas, ao contrário do que muita gente pensa 8 em cada 10 acidentes são causados em trajetos curtos e em velocidades menores a 65km/h e as que são feridas fatalmente podem ocorrer em velocidades de até 20km/h, onde o impacto pode aumentar o peso da pessoa em até 15 vezes.

Para se ter ideia do tamanho do impacto, pense que uma pessoa adulta suporta no máximo 3 vezes o seu peso. É por isso que a falta do uso do cinto de segurança pode causar ferimentos graves ou até fatais.

Para o seu uso correto é importante se ater algumas recomendações:

  • O cinto de 3 pontos precisa estar preso na altura do ombro e não do pescoço ou orelha, cruzar o tórax e se fixar na lateral do corpo;
  • O cinto sub-abdominal deve se localizar na região pélvica com uma folga de 3 cm
  • Grávidas devem usar o cinto de forma a evitar incômodos. Para isso, a faixa lateral precisa cruzar o corpo e ficar entre os seios e o sub-abdominal deve ficar abaixo da barriga
  • No caso de crianças, regras especificas de acordo com a idade devem ser seguidas:
  • Menores de 10 anos ficam no banco traseiro com equipamento de retenção;
  • Menores de 4 anos precisam usar a cadeirinha com seu cinto próprio;
  • Crianças com idade entre 5 e 10 anos precisam usar uma cadeira diferente ou uma almofada de espuma para ficarem com a altura ideal do cinto de segurança.

 

O cinto de segurança foi desenvolvido para cuidar da vida do motorista e das demais pessoas que estão dentro do veículo, seja ele próprio, táxi ou ônibus. Ele pode salvar a sua vida, use sem moderação.

Fontee: Sincodives