Você costuma comer enquanto dirige?

Comer e dirigir é uma das formas mais comuns de distração ao volante. Junto com outros comportamentos de distrações, o ato de comer lanches ou beber refrigerantes por exemplo apresenta sérios riscos de segurança nas ruas.

Perigos de comer ao dirigir

É importante compreender os perigos associados com comer ao dirigir. Existem três tipos comuns de distrações que prejudicam as habilidades dos motoristas para dirigir com segurança seus veículos e evitar acidentes:

– As distrações visuais ocorrem quando os olhos de um motorista são desviados do volante para prestar a atenção em uma outra tarefa.
– As distrações manuais acontecem quando os motoristas tiram as mãos do volante.
– As distrações cognitivas tiram a concentração do motorista para o ato de dirigir.

Todas essas distrações são perigosas e matam pessoas todos os dias no mundo. Agora quando combinadas, representam um risco ainda maior para a segurança do condutor, dos passageiros e das pessoas ao redor.

Comer e dirigir muitas vezes incorpora uma combinação de uma ou mais distrações. Os motoristas devem desempacotar a embalagem de alimentos, usar guardanapos, segurar os alimentos com pelo menos uma mão, aplicar condimentos e completar outras atividades enquanto estiver dirigindo seu carro. Isso faz com que comer ao dirigir seja uma atividade particularmente perigosa. E derramar bebidas – especialmente bebidas quentes – é mais perigoso ainda.

Veja alguns números de pesquisas recentes realizadas nos Estados Unidos sobre alimentação e direção:

  • De acordo com um estudo da Lytx em 2014, um motorista que está bebendo ou comendo tem 3,6 vezes mais probabilidade de causar um acidente do que os motoristas atentos.
  • Um estudo da Exxon Mobil entrevistou 1.000 motoristas e descobriu que 70% deles comem enquanto dirigem e 83% bebem bebidas não alcoolicas quando estão em trânsito.
  • A National Highway Traffic Safety Administration estima que comer e dirigir aumenta a probabilidade de falhas em 80%.

Estas estatísticas são chocantes e destacam a seriedade do problema.

[socialpoll id=”2428683″]

Simplesmente não vale a pena arriscar a sua vida e a vida dos outros.

Dirigir usando o celular agora é infração gravíssima!

 

Uma das infrações mais comuns em São Paulo, entre as 5 multas mais aplicadas pelo CET (Companhia de Engenharia de Tráfego),  com mais de 430 mil infrações registradas e com aumento de 22% com relação ao ano passado, o uso de celular ao volante passa a ser considerada em 2017, infração gravíssima. O valor da multa  é R$293,47 e conta 7 pontos na carteira.

screen-shot-2017-03-20-at-20-31-55

 

Usar o telefone ao volante aumenta suas chances de acidentes em mais de 23 vezes. Mensagens, ligações, aplicativos de músicas, de navegação, entre outros são distrações sérias que faz com que você se desconcentre do trânsito por vários segundos, várias vezes ao dia.

 

screen-shot-2017-03-20-at-20-28-28

Uma mensagem curta de texto (menos de 4 palavras) consome aproximadamente 3 a 4 segundos de sua atenção. Isso a 80km/h é percorrer 100 metros sem olhar para o que está na sua frente.

Não corra riscos e não arrisque a vida das pessoas ao seu redor!

Não use o celular ao dirigir!

 

 

Distração ao volante

O Try Guys tentar orientar de forma clara as distrações na direção através de um vídeo muito diferente. A tecnologia, mídias sociais entre outros vários fatores atrapalham e dificultam muito nossa atenção ao volante. O vídeo mostra de forma descontraída como é difícil dirigir usando todos esses dispositivos e como nosso cérebro não é capaz de realizar múltiplas tarefas. Os perigos envolvidos com a distração ao volante são enormes.

 

Lembre-se, ao dirigir não use o celular.

FIle 360 graus – Distração no volante- Virtual Reality Cardboard

Video 360 graus de realidade virtual para ser usada com óculos VR ou Google CardBoard sobre os perigos da distração ao volante.

O video foi produzido para a campanha It Can Wait da At&T que promove os cuidados e os riscos de acidentes ao usar telefones celulares para atender ligações, ler e enviar mensagens de texto e muito mais.

http://drivingsimulations.aarpdriversafety.org/

Diversos simuladores muito interessantes para instruir motoristas que procuram melhorar seus conhecimentos e habilidades de condução, distração ao volante e muito mais.

Vale a pena conferir:
http://drivingsimulations.aarpdriversafety.org/

https://safety.blr.com

Separamos uma listinha de jogos e simuladores que abordam a segurança no trânsito. O site Safety.BLR.com fornece diversos materiais interessantes sobre segurança no trânsito.

Para acessar todo o material, que é gratuito, você precisa fazer seu cadastro no endereço:
https://safety.blr.com

São centenas de ferramentas de treinamento sobre segurança no trânsito. Confira abaixo uma lista de jogos criados pelo Safety.blr relacionados a segurança no trânsito.

Tipo Título
Cartoons Alien safe driving
Cartoons Crazy Driver (JPG)
Cartoons Dangerous Commute (JPG)
Cartoons Distracted driver
Safety Slogans Driving Safely
Puzzles Driving Safely (PDF)
Cartoons Drowsy Driving Bear
Puzzles Foul Weather Driving (PDF)
Cartoons Safe Driving (JPG)
Training Activities Safe Driving Safety Activity (Word)
Cartoons Snow Plow (JPG)

Confira esses outros joguinhos no endereço: http://safety.blr.com/fun-games/All/transportation-safety/driving-safely/?juris=155

http://www.itcanwaitsimulator.org

Pegue o seu telefone celular e olhe para o último texto que você enviou. Será que vale a pena morrer por ele?
Definitivamente não.

Enviar ou mesmo olhar para mensagens, tweets, emails no celular atrás do volante pode ser mortal. Na verdade, estudos mostram que aqueles que leêm ou digitam mensagens de texto enquanto dirigem aumenta suas chances em 23 vezes de se envolver em acidentes. 

Aprenda sobre os perigos e as conseqüências de usar o celular enquanto dirige com esse simulador de direção usando o celular.

Pronto para experimentar o desafio?

Acesse: http://www.itcanwaitsimulator.org

 

Video sobre Distração ao volante

Vídeo mostra os perigos da distração ao volante, responsável por mais de 44% de todos os acidentes no trânsito.