3-1

Vistoria de procedência: como não ser enganado na compra de um veículo usado

Vai comprar um carro usado, mas está com medo de ser enganado? Veja porque fazer a vistoria de procedência.

 

Antes de comprar um carro seminovo ou usado, o consumidor fica sempre na dúvida por não ter a garantia da procedência desse veículo. Mesmo que tenha ótima aparência, é preciso que alguns itens sejam avaliados, para que você tenha confiança que o carro que está cobiçando não te dará dor de cabeça no futuro. A vistoria de procedência previne que você compre um carro no escuro e que seja vítima de fraudes, como por exemplo, o carro ser adulterado, clonado, sinistrado ou com dívidas em aberto.

 

Como a DEKRA faz?

 

Na DEKRA a vistoria de procedência é chamada de DEKRA Garantido. Essa vistoria verifica até 250 itens, como informações sobre histórico e procedência do veículo, a verificação da estrutura (se já sofreu reparos) e a avaliação da pintura (se o veículo tem regiões repintadas ou que possuem massa plástica). Além disso, o DEKRA Garantido olha o estado de conservação do veículo, avaliando, por exemplo, se o mesmo está com amassados ou riscos na lataria, se os alarmes e travas estão funcionando, se os bancos estão com rasgos ou manchas, como estão os pneus, entre outros.

 

Após a conclusão do serviço, o vistoriador entrega o laudo da vistoria, garantindo transparência, credibilidade, segurança e confiança tanto para quem está vendendo como para quem está comprando. Por isso, a vistoria não deve ser apenas uma exigência do comprador, já que o vendedor sairia na frente por mostrar que seu carro é certificado.