Posts

O que é vistoria de transferência (Laudo do DETRAN)?

Dekra Corporate Photos in Shanghai

A transferência de veículos é obrigatória quando o veículo é vendido ou quando o proprietário muda de estado ou município. Ambos os casos exigem um novo Certificado de Registro de Veículo. Alguns estados exigem a vistoria automotiva para emissão desse documento.

 

A vistoria automotiva para transferência precisa ser feita em uma Empresa Credenciada de Vistorias (ECV) para que o laudo seja aceito pelo Detran. A DEKRA, por exemplo, conta com uma rede de atendimento muito ampla para esse serviço (consulte aqui).

Nesse tipo de vistoria alguns itens são analisados para verificar possíveis fraudes e riscos. Dentre eles estão:

 

  • Chassi
  • Motor
  • Vidros
  • Placas, Tarjetas e Lacre
  • Suspensão
  • Sistema elétrico (faróis, luz alta, baixa, ré, freio, stop, placa, internas)
  • Pneusmotores_3

O objetivo da vistoria é assegurar a legitimidade do carro. Assim, são analisadas a veracidade da identificação do veículo e de sua documentação. Além disso, os vistoriadores analisam se os equipamentos obrigatórios estão em boas condições e se o veículo conserva suas características originais. O novo proprietário tem até 30 dias para fazer os procedimentos necessários para a transferência do veículo e regularização dos documentos.

Além da exigência do Detran, a vistoria automotiva representa uma ferramenta de segurança para quem compra o veículo, pois ele diminui os riscos de problemas futuros.

Quanto custa uma vistoria cautelar?

Danijel Novak DEKRA EKSPERT d.o.o. Autocommerce Slowenien

Quem compra um carro zero geralmente pensa na segurança de um produto que acabou de sair de Fábrica. No caso dos usados, há sempre o risco de o veículo já ter sofrido danos ou apresentar pendências no documento. Uma boa ferramenta para garantir mais transparência e segurança é a vistoria cautelar. Ela é feita por  empresas que examinam o histórico e estado do carro.

 

COMO FUNCIONA A ANÁLISE?

A vistoria inclui itens como estrutura da carroceria, tonalidade e espessura da pintura (que permite saber se a lataria recebeu aplicação de massa) e originalidade dos vidros.

No serviço de vistoria cautelar da DEKRA, por exemplo, à partir da conferência dos números de chassi e motor e da documentação, é possível levantar o histórico e a procedência do veículo. Isso permite identificar modelos que foram roubados ou clonados, com adulterações ou outros agravantes que possam gerar riscos, como carros com baixa no DETRAN .

Após a conclusão do serviço, a empresa entrega um laudo detalhando o estado do veículo e dá o veredicto: aprovado (em perfeitas condições), aprovado com ressalvas (houve colisão e abalo estrutural, mas o reparo foi bem feito) ou reprovado (no caso de sinistro de grande monta).

 

ANÁLISE PARA TRANSFERÊNCIA É MAIS SIMPLES

A vistoria que checa as condições do carro, chamada de prévia ou cautelar, não deve ser confundida com a outra, exigida por lei para que o veículo possa ser transferido.

A inspeção feita pelo Detran é bem mais simples. Seu objetivo não é verificar o estado de conservação, mas sim a regularidade dos números de chassi e motor e a presença de itens obrigatórios de segurança.

Enquanto a perícia cautelar pode ser feita em qualquer lugar, a vistoria de transferência obrigatória é realizada necessariamente em oficina credenciada, que filma e transmite o procedimento ao Detran. A DEKRA é habilitada para ambas as modalidades.

Confira os valores dos serviços de vistoria da DEKRA e a unidade de atendimento mais próxima no www.dekra.com.br.