Denatran/Divulgação/Arquivo

Saiba mais sobre a novas placas de veículos no padrão Mercosul

Novo modelo trará mais segurança aos proprietários e seguirá padrão Mercosul, já adotado pelos países Uruguai e Argentina.

 

Em 2014, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentou o novo modelo de placas de veículos que será usado no Brasil e em outros países do Mercosul. Com o objetivo de ampliar o número de combinações e trazer mais segurança aos proprietários, a nova placa começou a ser adotada em território brasileiro no dia 11 de setembro de 2018.

 

O Rio de Janeiro foi o primeiro estado brasileiro a adotar o novo modelo padrão Mercosul. A troca da placa será obrigatória, inicialmente, para carros zero quilômetro, transferências de propriedade e município, troca de categoria e substituição de placas danificadas.

 

De acordo com o DETRAN, a iniciativa tem o objetivo de dar mais segurança para os proprietários de veículos, evitando assim a possibilidade de clonagem. A nova placa tem um código único que contém todos os dados de confecção, além de permitir que as autoridades policiais possam rastrear e identificar, instantaneamente, onde a placa foi confeccionada e a qual veículo ela pertence.

O que muda no novo modelo?

 

Cor – A nova placa é branca, com uma tarja azul na parte superior.

 

Combinação de letras e números – A combinação do novo modelo é diferente, sendo quatro letras e três números. A nova sequência alfanumérica seguirá uma tabela de conversão na letra localizada entre os números, em que o número 0 (zero) corresponde à letra A, o número 1 (um) representa a letra B e assim sucessivamente até a letra J, que equivale ao número 9 (nove).

 

Localização – Do lado esquerdo superior, a placa tem o logotipo do Mercosul e abaixo tem o distintivo do Brasil (BR). Já no lado direito superior, ela tem a bandeira do Brasil, seguida pela bandeira do estado e brasão da cidade.

 

Segurança – O novo modelo possui um Código Bidimensional Dinâmico (QR Code), que contém todos os dados de confecção da placa, além de permitir a rastreabilidade dela, através de um aplicativo que o Denatran disponibilizará gratuitamente para a polícia. Além do QR Code, a nova placa tem uma marca d’água, que evita falsificações e clonagem.

 

Detran-RJ/Divulgação

Detran-RJ/Divulgação

 

A categoria do veículo é indicada pela cor da combinação alfanumérica, sendo:

 

  • Particular (preta)
  • Comercial/Aprendizagem (vermelha)
  • Oficial (azul)
  • Especial (verde)
  • Diplomático (amarela)
  • Colecionador (prateada)

Cores nova placa:

Detran-RJ/Divulgação

Detran-RJ/Divulgação

 

 

Cores nova placa motos:

Detran-RJ/Divulgação

Detran-RJ/Divulgação

 

O novo modelo deve ser implantado por todas as cidades até 1º de dezembro de 2018, de acordo com o Denatran.