Defeito em airbags é relacionado a 16 mortes no exterior. Recalls envolvem mais 2,6 milhões de veículos no Brasil

Os airbags defeituosos foram fabricados empresa japonesa Takata, uma das maiores fornecedoras desse equipamento no mundo. Ao todo, mais de 30 milhões de veículos de diversas marcas foram chamados de volta às concessionárias.

Veja abaixo o percentual de atendimento de cada marca para os airbags da Takata até este mês e como saber se seu carro está em recall.

Mais de 70% dos donos das 2,6 milhões de unidades que foram convocadas até o início deste mês não levaram seus carros às concessionárias ou ainda não tiveram o problema resolvido.

1) Toyota e Lexus

Toyota Corolla 2008 (Foto: Divulgação)

Toyota Corolla 2008 (Foto: Divulgação)

A marca com o maior número de unidades convocadas no caso dos “airbags mortais” no Brasil é a Toyota. Foram ao menos 9 campanhas e 1,46 milhão de veículos convocados até este mês, sendo 135 da divisão de luxo Lexus.

Segundo a fabricante, apenas 27,5% já tiveram o problema solucionado. Isso representa pouco mais de 400 mil carros com o componente substituído e outros 1,05 milhão a reparar.

  • Veículos chamados: 1,46 milhão
  • Índice de atendimento: 27,5%
  • Veículos atendidos: cerca de 400 mil
  • Modelos envolvidos: Etios, Corolla, Hilux, RAV4, Fielder e SW4
  • Onde consultar os veículos em recall: www.toyota.com.br/servicos/recall

2) Honda

Honda Civic 2012 (Foto: Rodrigo Mora/G1)

Honda Civic 2012 (Foto: Rodrigo Mora/G1)

Em seguida, aparece a Honda, com cerca de 1 milhão de veículos chamados e índice de atendimento de 24,3%. Na prática, somente 250 mil não correm mais risco, enquanto outros quase 800 mil ainda possuem os airbags defeituosos. Além dos procedimentos obrigatórios, a montadora fez uma campanha recente na TV, convocando quem ainda não atendeu aos chamados no Brasil.

  • Veículos chamados: 1,05 milhão
  • Índice de atendimento: 24,3%
  • Veículos atendidos: cerca de 250 mil
  • Modelos envolvidos: Civic, City, Fit, CR-V e Accord
  • Onde consultar os veículos em recall: www.honda.com.br/suaseguranca

3) NissanLivina e Grand Livina estão entre os Nissan chamados para recall por 'airbags mortais' (Foto: Divulgação)

Livina e Grand Livina estão entre os Nissan chamados para recall por ‘airbags mortais’ (Foto: Divulgação)

A Nissan, terceira com o maior número de veículos convocados, divide a porcentagem de unidades atendidas pela “idade” dos carros.

Segundo a marca, 75% dos veículos com até 5 anos de uso já foram atendidos. O índice cai para 35% quando são considerados carros com 5 a 10 anos de fabricação e, para apenas 10%, quando as unidades já têm mais de 10 anos.

  • Veículos chamados: 140 mil
  • Índice de atendimento: 75% em carros de até 5 anos, 35% em carros com idade entre 5 e 10 anos e 10% em carros com mais de 10 anos de fabricação
  • Veículos atendidos: cerca de 60 mil
  • Modelos envolvidos: March, Versa, Sentra, Frontier, Livina, Grand Livina, Tiida, X-Trail e e Pathfinder
  • Onde consultar os veículos em recall: www.nissan.com.br/servicos/recall-nissan.html

4) Fiat Chrysler (FCA)

Chrysler 300C (Foto: André Paixão/G1)

Chrysler 300C (Foto: André Paixão/G1)

Dos quase 20 mil veículos da Fiat Chrysler convocados para recall por conta de airbags da Takata, apenas 5 mil atenderam aos chamados, segundo a fabricante. São cerca de 25%. Isso inclui modelos de Fiat, Jeep, Chrysler e RAM.

  • Veículos chamados: 19 mil
  • Índice de atendimento: 25,3%
  • Veículos atendidos: cerca de 5 mil
  • Modelos envolvidos: Fiat Uno, Jeep Renegade, Jeep Wrangler, Chrysler 300C e RAM 2500
  • Onde consultar os veículos em recall:
    Fiat – www.fiat.com.br/ja-tenho-um-fiat/fiat-recall/uno-outubro-17.html
    Chrysler – www.chrysler.com.br/#!recall
    Jeep – www.jeep.com.br/recall-carros-jeep.html
    RAM – www.ram.com.br/recall-carros-ram.html

5) Volkswagen

Volkswagen Tiguan (Foto: André Paixão/G1)

Volkswagen Tiguan (Foto: André Paixão/G1)

A Volkswagen teve apenas um recall relacionado aos “airbags mortais”. Foram 33 unidades do Tiguan. Destas, 31 já receberam atendimento.

  • Veículos chamados: 33
  • Índice de atendimento: 94%
  • Veículos atendidos: 31
  • Modelo envolvido: Tiguan
  • Onde consultar os veículos em recall: www.vw.com.br/pt/servicos/recall.html

6) Audi

Audi Q5 (Foto: Divulgação)

Audi Q5 (Foto: Divulgação)

No Brasil, a marca com menos unidades convocadas até agora é a Audi. Foram apenas 13 exemplares dos modelos Q5 e SQ5. De acordo com a fabricante, todas já foram reparadas.

  • Veículos chamados: 13
  • Índice de atendimento: 100%
  • Veículos atendidos: 13
  • Modelos envolvidos: Q5 e SQ5

Outras fabricantes

7) BMW

  • Veículos chamados: 4.415
  • Índice de atendimento: não divulgado
  • Modelos envolvidos: Série 3, Série 5 e X5
  • Onde consultar os veículos em recall: www.bmw.com.br/pt/ssl/recall.html

8) Chevrolet

  • Veículos chamados: 5.502
  • Índice de atendimento: não divulgado
  • Modelos envolvidos: Agile e Montana
  • Onde consultar os veículos em recall: www.chevrolet.com.br/servicos/recall.html

9) Mitsubishi

  • Veículos chamados: 48.159
  • Índice de atendimento: não divulgado
  • Modelos envolvidos: Lancer, L200 e Pajero Full
  • Onde consultar os veículos em recall: www.mitsubishimotors.com.br/wps/portal/mit/relacionamento/recall

10) Subaru

  • Veículos chamados: 3.471
  • Índice de atendimento: não divulgado
  • Modelos envolvidos: Impreza (hatch, WRX e STI), Forester, Legacy, Outback e Tribeca
  • Onde consultar os veículos em recall: www.subaru.com.br/recalls-subaru

DEKRA, seu parceiro global para um mundo mais seguro

Click here to add your own text