dekra-explica-perigos-na-compra-de-carros-baixados

DEKRA explica: você sabe os perigos de comprar um carro baixado?

Segundo o último relatório divulgado pela Checkauto, uma empresa do Grupo DEKRA, 6% dos carros consultados pelo sistema de consulta de histórico da empresa apresentaram a restrição “carro baixado”. O problema é que muitos usuários não sabem do que se trata essa restrição e podem acabar fazendo um péssimo negócio ao adquirir um carro usado.

 

A expressão “veículo baixado” não tem qualquer ligação com problemas na suspensão, mas sim se refere a um carro que teve sua circulação vetada pelo Departamento Nacional de Trânsito (DETRAN).

Na prática, isso significa que o carro já sofreu uma séria batida, com danos irreparáveis ao chassi. Por conta disso, o chassi sofre “baixa” no cadastro do DETRAN, já que representa perigo e poderia causar acidentes se estivesse em circulação.

Uma vez fora do sistema, esse carro tem sua circulação vetada, e pode ser vendido apenas como sucata ou para reposição de algumas peças, já pré-determinadas.

“O maior problema é que a cultura do “jeitinho brasileiro” faz com que alguns vendedores ajam de má fé. Eles compram esses carros, fazem reparos e consertos para maquiar os problemas e conseguem, de maneiras ilegais, regularizar essa documentação para vendê-los como se estivessem em conformidade”, explica José Félix, gerente responsável pelos serviços de varejo DEKRA e pela Checkauto.

Neste caso, o recomendável, segundo o especialista, é fazer uma consulta veicular completa e confirmar o histórico do carro antes de fechar o negócio, pois após o pagamento fica muito difícil desfazer a negociação, principalmente se tratando de um golpista agindo de má fé.

“No caso da compra de um carro com essa restrição, o comprador sai em um prejuízo enorme, pois paga e acaba ficando sem o carro já que não consegue nem fazer a transferência do bem para seu nome”, alerta Félix.

Consulta de histórico

Para quem vai comprar um carro usado e quer fazer uma escolha mais segura em relação à procedência do veículo, existem empresas que oferecem serviços de pesquisa de procedência e histórico. A Checkauto, por exemplo, oferece em seu serviço de consulta do histórico veicular mais de 40 informações, como histórico de km, histórico de leilão, chamados de recall e se o veículo está baixado.

“Evite comprar carro sem saber seu historio. Desconfie de ofertas atrativas demais ou de carros com preços muito abaixo dos de tabela. E sempre procure uma ferramenta de consulta para te garantir uma compra mais transparente e segura”, finaliza o executivo.

 

Publicado originalmente em 07/07/2016.